Instituto Ação Pela Paz participa de discussão sobre como a sociedade civil pode ajudar na inclusão de pessoas presas e egressas prisionais