Quem Somos

História


O Instituto Ação Pela Paz nasceu e vive dos encontros, diálogos e união entre pessoas e instituições interessadas na busca de soluções para diminuir a reincidência criminal. Sua inspiração original vem da motivação de Jayme Brasil Garfinkel em mobilizar toda sociedade para contribuir com soluções que reduzam a escalada da violência no país.

Assim, desejando aprofundar seu conhecimento sobre o sistema prisional a fim de realizar ações efetivas, trouxe Solange Senese, profissional experiente e engajada no propósito de integrar socialmente pessoas privadas de liberdade e egressos prisionais.

A partir da união dessas forças, seguidas de estudos, pesquisas, visitas a unidades prisionais, reuniões com diversos especialistas e busca pelo engajamento de novas pessoas alinhadas com a causa, o conhecimento sobre o funcionamento do sistema prisional foi sendo ampliado e aprofundado. Esse diagnóstico durou aproximadamente 2 anos, gerando uma melhor compreensão das necessidades do complexo sistema prisional brasileiro.

O início das atividades do Instituto foi acelerado no momento em que surgiu a oportunidade de atuar em parceria com o TJSP – Tribunal de Justiça de São Paulo, a SAP – Secretaria de Administração Penitenciária e SPG – Secretaria de Planejamento e Gestão para o desenvolvimento e implantação do SEMEAR – Sistema Estadual de Métodos para Execução Penal e Adaptação Social do Recuperando.

Missão


Apoiar o poder público e a sociedade civil em iniciativas que contribuam para a redução da reincidência criminal.

Visão


Tornar-se referência em apoio e construção de soluções para o sistema prisional na recuperação da pessoa presa e egressa.

Valores


  • Transparência
  • Ética
  • Responsabilidade
  • Respeito
  • Amor ao Próximo

Os projetos apoiados pelo Instituto Ação Pela Paz devem atender os seguintes critérios:

– Apresentar resultados com indicadores
– Não ser assistencialista
– Promover a participação da sociedade
– Ser apartidário
– Ser replicável
– Ser autorizado pelo órgão competente
– Ter potencial para se tornar política pública

Conselho


Conselho Deliberativo

Jayme Brasil Garfinkel
Lene Araújo de Lima
Maria da Glória Faria
Patrícia Gonzalez de Souza
Rafael Damasceno Generoso

Conselho Fiscal

Adriana Pereira Carvalho Simões
Claudio Marcio Romagnolo
Renata Paula Ribeiro Narducci
Renata Struckas de Sá

Equipe

Luiz Paulo Horta de Siqueira
Diretor Geral

Solange Senese
Diretora Executiva

Cláudia Cardenette
Diretora Administrativa

Neuda Maria de Souza Martins
Coordenadora Regional

Daniella Reina Mateus
Analista de Projetos

Rosileia Dias Pereira
Assistente Administrativa Financeira

Associados


O Instituto Ação Pela Paz possui 4 categorias associativa para Pessoa Física e Pessoa Jurídica. Conheça as opções: 

  • Associados Fundadores: as pessoas físicas e jurídicas que participaram do ato de fundação do Instituto Ação Pela Paz, signatárias da ata de constituição, e as que forem admitidas no quadro social por indicação dos associados fundadores e aprovação do Conselho Deliberativo, no prazo de 12 (doze) meses contados, da data de constituição do Instituto.
  • Associados Efetivos: as pessoas físicas e jurídicas admitidas por indicação de dois outros Associados e aprovação do Conselho Deliberativo, que se comprometam a contribuir material financeira e/ou tecnicamente para com a realização dos objetivos do Instituto Ação Pela Paz.
  • Membro Colaborador: as pessoas físicas e jurídicas que se disponham, com regularidade, a prestar serviços voluntários à entidade e/ou a contribuir financeiramente com seus projetos e atividades.
  • Membro Honorário: as pessoas físicas e jurídicas que tenham contribuído de forma significativa para a causa em prol da qual o Instituto Ação Pela Paz atua.

Para mais informações de como se tornar um Associado, entre em contato com Solange Senese pelo e-mail solange.senese@acaopelapaz.org.br.

Cooperação Técnica:

  • Secretaria Estadual de Administração Penitenciária de São Paulo
  • Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão de São Paulo
  • TJSP – Tribunal de Justiça de São Paulo

Parcerias Institucionais:

  • Instituto Minas pela Paz
  • FBAC
  • FECCOMPAR
  • Gerando Falcões
  • PDR